Da Redação – Wesley Santiago

As cirurgias eletivas do Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), que estavam marcadas para esta quinta-feira (16), foram suspensas. A medida foi tomada após solicitação dos médicos anestesistas, em virtude da falta de medicamentos e materiais básicos para os procedimentos.
Os médicos anestesistas fizeram a solicitação após constatarem a falta de insumos. A assessoria de imprensa da Prefeitura de Cuiabá está ciente do caso e deve se posicionar nas próximas horas sobre o ocorrido.
A assessoria de imprensa do Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso (Sindimed) ainda não tomou conhecimento do ocorrido.
No último dia 08 deste mês, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) recebeu estoque de insumos para atender todas as unidades hospitalares do município. No último fim de semana, por pouco não faltaram medicamentos e materiais utilizados pelos profissionais.
“Chegamos ao limite do estoque dos insumos no pronto-socorro no último final de semana, mas não faltou nenhum medicamento ou material de trabalho dos profissionais de saúde. No sábado, um novo estoque chegou a unidade, não comprometendo o trabalho das nossas equipes”, explicou o secretário de Saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho.
Além do HMC, que já está em funcionamento o ambulatório e enfermaria, o prefeito Emanuel Pinheiro determinou Tolerância Zero para filas nos corredores do Pronto Socorro, algo recorrente há varios anos. A saúde da Capital também segue na construção de duas UPAs, reforma ou revitalização de unidades de saúde.

 

Deixe uma resposta