Olhar Direto 

As investigações da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), sobre o caso do estudante de Odontologia, Emerson Fernandes Pedroso, 27 anos, que divulgou cenas dele fazendo sexo com uma cadela, também auxiliaram na identificação de um grupo de zoófilos. O universitário está fora do Brasil, por conta disto, a cópia dos autos foi encaminhada para a Polícia Federal.

Em seu interrogatório na Dema, após sua prisão ,o suspeito esclareceu que tinha uma afinidade com essas “situações” e que passou a fazer parte de um grupo de Whatsapp, exclusivamente montado para a prática de envio de fotos e vídeos de zoofilia. Destacou que muitos números constantes do grupo e respectivas mensagens seriam veiculadas por estrangeiros, inclusive, contendo cenas também com outros animais.

O suspeito contou que tinha sido pressionado por um membro do grupo a produzir um vídeo e enviar via Whatsapp, alegando que ele já possuía muitas informações e nunca tinha “mandado nada”.

O suspeito disse que ficou receoso e saiu do grupo, tendo no dia seguinte sido novamente adicionado em outro grupo, pela mesma pessoa que exigia o vídeo. Após esse fato, passados aproximadamente uns 40 dias, o suspeito que já possuía a cadela “Branquinha”, praticou o ato, filmou e encaminhou no grupo.

As evidências apontam que efetivamente as cenas criminosas com a cadela “Branquinha”, foram filmadas no banheiro da casa do suspeito, bem como concluiu que o animal apreendido (Branquinha) é o mesmo que está nas cenas do crime. O respectivo documento traz riquezas de detalhes nesse sentido.

Quanto ao crime de associação criminosa, durante as investigações  desenvolvidas pela Polícia Judiciária Civil, através da Dema, surgiram informes no sentido de que o indiciado seria membro de um grupo de zoófilos que teria por prática ilícita o contato físico com animais.

Foram apreendidos de posse do ex-companheiro cães pertencentes ao suspeito, da raça Ihasa Apso, chamados Iron e Sofia. Logo após, surgiram informações da cadela dos maus-tratos, tendo o animal sido apreendido.

Deixe uma resposta