Redação

A Polícia Militar em ação conjunta com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Aripuanã (710 Km de Cuiabá), apreendeu na terça-feira (8), 734 kg de peixe de diversas espécies, capturados ilegalmente no Rio Aripuanã. Além de estar na Piracema, período em que a pesca é proibida, os pescadores utilizaram redes e outros apetrechos de uso vedado pela legislação.

De acordo com a assessoria da PM, a apreensão ocorreu em um acampamento à margem do Rio Aripuanã, no local havia cinco caixas de isopor cheias de pescado, galões, sacos e roupas próprias para acampamento, rede de pesca, entre outros objetos.

A polícia patrulhou os rios Aripuanã e Canamã até a divisa com o município de Colniza. A ação foi realizada após denuncias recebidas pela PM e pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente sobre pesca depredatória na região.

Nenhum suspeito foi preso na ação. Parte do pescado apreendido precisou ser descartada porque estava imprópria para o consumo humano, outra parte foi doada para creches e instituições filantrópicas da região.

Deixe uma resposta