Redação Extra MT 

Os motoristas do transporte coletivo da Capital e do município vizinho, Várzea Grande, amanheceram em greve nesta segunda (10), alegando falta de pagamento

Os 340 veículos do transporte público de Cuiabá e Várzea Grande amanheceram parados nesta segunda-feira (10). A paralisação é por conta da falta de pagamento do salário dos motoristas, que segundo a classe,  deveria ter ocorrido na última sexta-feira (07). A greve atinge 100 % da frota, deixando a população – uma estimativa de 300 mil pessoas por dias – ,  totalmente sem o serviço e sem previsão de retorno deste.

As empresas alegam que  estariam passando por dificuldades financeiras. Mesmo assim, prometeram tentar efetuar o pagamento ainda nesta segunda-feira.

Frisando que nas últimas semanas, a tarifa do transporte coletivo protagonizou uma novela, mas se fixou, no final, em R$ 4,10, após determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A decisão do TCE é do dia 26 de fevereiro  foi assinada pelo conselheiro Luiz Carlos Pereira.

Deixe uma resposta