Da Redação/Extra MT

Dados monitorados até o dia 3 deste mês apontam que Mato Grosso tem 27.680 casos de dengue, seguido de 24.535 de zika e 1.442 de chikungunya.

A comissão de investigação de óbitos vem acompanhando 46 casos sob suspeita de mortes provocadas pela dengue, dos quais cinco foram confirmados até o momento. Já a febre chikungunya, o número de casos neste ano é de 1.442. A incidência acumulada é de 44 casos por 100 mil habitantes.

Segundo uma análise dos casos por município, três cidades apresentam alto risco: Acorizal, Querência e Campo Novo do Parecis. Ainda em novembro, foram notificados casos de chikungunya em sete municípios, sendo eles Cuiabá, Querência, Campo Novo do Parecis, Nova Olímpia, Guarantã do Norte, Matupá e Nova Ubiratã. Já em dezembro, foram três municípios com casos de Chikungunya: Cuiabá, Matupá e Nova Ubiratã.

Os casos de zika vírus neste ano é 24.535. A incidência acumulada é de 751 casos por 100 mil habitantes. Segundo a análise por município, em 13 cidades do Estado não ocorreram casos de Febre pelo vírus Zika. Glória d’Oeste, Gaúcha do Norte, Santo Afonso, Canabrava do Norte, Santa Cruz do Xingu, Santa Terezinha, São José do Xingu, Vila Rica, Ponte Branca, Castanheira, Cotriguaçu, Vale de São Domingos e União do Sul.

Fonte: Só Noticias

 

Deixe uma resposta