Redação Extra MT

Suspeito de planejar assalto na casa da servidora Sandra Regina de Siqueira Travaina, de 48 anos, que acabou em sua morte, William Neto Leite foi apresentado nesta sexta-feira (12), no final da manhã. De acordo com a delegada Elaine Fernandes da Silva, da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf/VG), Willian é frio e calculista e passou todas as informações sobre a  residência da servidora, que era melhor amiga de sua mãe e o considerava da famíliA,  aos comparsas executores.

Segundo a delegada Elaine, o quinto suspeito do crime praticado contra a servidora já foi identificado e será preso ainda hoje. “Com certeza nós vamos prendê-lo em questão de horas, já foi inclusive decretada a prisão preventiva dele”, disse a delegada.

No início do mês, Sandra Regina foi morta em frente à sua casa em Várzea Grande durante uma ação criminosa. Na data, um trio de suspeitos esperava a vítima em frente à residência da servidora, a fim de roubar joias e dinheiro que acreditavam estar na casa.

Um dos suspeitos contou à polícia que o tiro foi feito contra a vítima após o atirador se assustar com o fato de a servidora ter buzinado seu automóvel.

Além de William Neto Leite, os três executores do latrocínio: André Luiz Gomes, 20 anos, conhecido por “neguinho”, Jordão Rodrigues Neto, e Maikon Douglas Alves dos Santos (Sujeirinha), já estão presos. André Luiz foi preso em Cáceres no dia 7 de julho. Jordão Rodrigues se apresentou na Delegacia no dia 9, e Maikon Douglas dos Santos se entregou no dia seguinte, 10 de julho, alegando estar mais seguro preso.

 

Deixe uma resposta