Redação 

Poucos minutos depois de conceder sua primeira entrevista coletiva como jogador do São Paulo, Daniel Alves foi saudado por mais de 40 mil torcedores no Morumbi – 44.268 no total, na noite desta terça-feira, em evento especial para receber o lateral-direito da seleção brasileira.

Três ídolos do São Paulo participaram da apresentação e emocionaram Daniel Alves:

  • Hernanes recebeu o reforço no gramado e o “apresentou” à torcida;
  • Kaká deu a camisa 10 (branca) para Daniel vestir pela primeira vez;
  • Luis Fabiano deu outra camisa 10 (a listrada) para Daniel mostrar ao público.

Em vídeo, Casemiro, do Real Madrid, e Luis Suárez, do Barcelona, também mandaram felicitações a Daniel Alves. Messi também apareceu no telão do Morumbi com uma mensagem de apoio, assim como Cristiane e Miranda. Por fim, o lateral-direito Juanfran, reforço do Tricolor, falou com o amigo. Rogério Ceni, hoje técnico do Fortaleza, não compareceu ou enviou mensagem.

A festa

Com refletores apagados, as lanternas dos celulares dos torcedores serviram para iluminar a entrada de Daniel Alves em campo. Depois, com calção de jogo e camisa de treino, ele foi recebido com foguetório, gritos da torcida do São Paulo e muita festa.

No centro do gramado, ele foi recebido por Hernanes, ídolo do São Paulo, que voltou ao clube no início da temporada. O palco também tinha o presidente Leco, o diretor executivo Raí e outros membros da diretoria do Tricolor.

– Rapaziada, é um grande prazer estar aqui com vocês… – iniciou Dani Alves, interrompido por mais de 40 mil vozes ensandecidas com a chegada do reforço.

Galera, eu só queria dizer para vocês que hoje o São Paulo não contratou um jogador. O São Paulo contratou um torcedor assim como vocês… Agradecer pelo momento que vocês estão me proporcionando, prometo retribuir com a mesma entrega. Espero que junto a gente possa devolver a alegria de fazer história com o São Paulo. Muito obrigado pela recepção. Chega de falar, e vamos fazer. Juntos, vamos fazer! – completou.

Deixe uma resposta