Redação 

A torcida no ginásio Aecim Tocantins vibrou com as jogadas proporcionadas nos três dias de disputa da Liga das Nações de Vôlei em Cuiabá. De 21 a 23 de junho, as seleções masculinas do Brasil, Bulgária, Alemanha e Rússia disputaram mais uma fase da etapa classificatória da competição internacional, oferecendo ao público o que há de melhor do esporte no mundo.

Jogando em casa, a seleção brasileira contou com a animação da torcida, que fez uma performance à parte nas cadeiras e arquibancadas. Torcedores de Cuiabá e de outras cidades do Estado e do país garantiam a vibração, com palmas sincronizadas, show de luzes com celulares e gritos.

Nesse domingo (23.06), a equipe verde e amarela bateu a Rússia por 3 sets a 0 (25/17, 25/21 e 28/26), chegando a 11 vitórias em 12 partidas até agora no campeonato. A equipe também venceu os outros dois jogos disputados em Cuiabá, contra a Bulgária na sexta-feira (21) e Alemanha no sábado (22).

A realização da etapa brasileira da Liga das Nações na capital mato-grossense contou com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), com recursos oriundos do Fundo de Desenvolvimento Desportivo do Estado, ligado à receita da loteria esportiva e com a disponibilização do ginásio Aecim Tocantins. O equipamento esportivo passou por uma série de serviços e reparos para atender as exigências de uma competição de nível internacional, viabilizando condições da parte funcional que ficarão como legado à sociedade.

“Estamos felizes com a realização da etapa da Liga das Nações em Mato Grosso. A torcida veio prestigiar de forma contagiante, não aconteceu nenhum fato que pudesse tirar o brilho do evento. Encerramos essa etapa com toda segurança possível, com bombeiros, equipes de segurança da polícia civil e militar, batedores para as delegações, e mais do que isso deixamos o ginásio apto para grandes jogos, um legado do Governo do Estado já em seu início. E também conseguimos aplicar uma pesquisa inédita para aferir os resultados turísticos e econômicos da vinda da competição à Cuiabá”, celebra o secretário da Secel, Allan Kardec.

O governador Mauro Mendes, que esteve no ginásio no último dia de jogos, também falou sobre a importância da realização da Liga das Nações em Cuiabá.

“É um grande evento que coloca Mato Grosso e nossa capital no cenário nacional e mundial, com transmissão para mais de 60 países. O investimento acabou sendo muito pequeno perto do retorno que o Estado teve, com mídia mundial falando daqui e a vinda de milhares de pessoas de outros locais, isso motiva e cria um astral muito positivo na nossa capital. E ainda é uma oportunidade de aproveitamento de espaços construídos com dinheiro público. Uma das prioridades da nossa gestão é justamente aproveitar esses locais para que a população possa ter acesso a lazer e entretenimento”.

Para o superintendente da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Renato D’Ávila, a estrutura do ginásio, o atendimento e apoio do pessoal local envolvido no evento e o público presente foram os destaques da competição em Mato Grosso.

“Foi tudo muito bom, fomos muito bem recebidos, tivemos importantes auxílios para fazer o evento acontecer, o ginásio possui uma estrutura muito boa, e teve um ótimo público que assegurou o fechamento com chave de ouro na disputa entre Brasil e Rússia”, enaltece o representante da CBV.

Deixe uma resposta