Vindo de temporada impecável pelo Liverpool, eleito melhor jogador da Liga Inglesa, o zagueiro Van Djik foi escolhido o melhor jogador da Uefa em 2018-19 nesta quinta-feira, em cerimônia realizada em Mônaco. Superando o favorito Messi e Cristiano Ronaldo, o holandês foi campeão da Champions League. Vale lembrar que é a primeira vez que um defensor vence esse prêmio.

Ao ser anunciado, Van Dijk, que estava ao lado de Messi e Cristiano, não escondeu a surpresa de vencer o prêmio. No palco, o zagueiro fez questão de agradecer aos companheiros e a todos que o ajudaram na carreira.
“Eu preciso agradecer a meus companheiros, sem eles e a comissão técnica, eu não conseguiria. Tem sido uma longa caminhada, faz parte da minha jornada. Quando eu tinha oito anos, tive que trabalhar muito, estou muito feliz. Estou muito orgulhoso de receber este troféu, e dou crédito a todo mundo que me ajudou nesta caminhada”.
Uma das inspirações de Van Dijk foi o craque Ronaldinho. Durante o discurso, o zagueiro disse que o brasileiro foi uma grande referência durante a sua infância e acabou o ajudando a chegar onde está hoje.
“Eu olhava muito para o Ronaldinho quando garoto. A alegria dele, os truques. Jogando na rua, era uma referência. Mas todos que me ajudaram até agora, e todos que ainda vão me ajudar… Sou muito grato a eles”
Estreando na disputa do prêmio de melhor jogador da Uefa, Van Dijk foi considerado um dos principais nomes do Liverpool na campanha de conquista da Liga dos Campeões na última temporada. Além disso, o zagueiro se destacou por passar 43 jogos inteiros na Premier League e na Liga dos Campeões sem ser driblado por um rival.

Deixe uma resposta