O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro deve contar com apoio do PSB caso seja candidato à reeleição. A aproximação começou nesta terça(9), quando almoçou com o deputado estadual Max Russi, presidente estadual da sigla socialista, dando o pontapé inicial da aliança que pode se concretizar nas eleições do ano que vem.  Max resolver cortejar Emanuel ao perceber que Roberto França, que se movimenta para tentar a Prefeitura da Capital pela terceira vez, não vai aceitar o convite para se filiar ao PSB. E os vereadores do PSB que são oposição ao prefeito,   Marcelo Bussiki e Gilberto Figueiredo, hoje secretário estadual de Saúde, estão migrando para o DEM do governador Mauro Mendes. O presidente da Câmara Misael Galvão já trocou o PSB pelo PTB para se manter na base governista. Com a aproximação dos socialistas, o número de partidos que devem  apoiar a possível  reeleição poderá chegar a 10. Atualmente, a lista inclui MDB, PV, PP, PSD, PSDB, PR, PSB, Avante e PTB.

Deixe uma resposta