E o caos continua na saúde da Capital. Por mais que o prefeito Emanuel Pinheiro tenha sido bem avaliado e até homenageado pelo desempenho nas melhorias da rede pública de saúde, principalmente pela entrega parcial do novo PS, parece que as ‘coisas” não andam tão lindas  assim.

Pediatras que atuam na Unidade  de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), denunciaram a a falta de materiais de trabalho na unidade. Luvas, seringas e sabão são apenas alguns dos itens ausentes no hospital. A denúncia foi protocolada como Comunicação Interna (CI), na unidade de saúde, nessa terça-feira (04).

 

Compartilhar
Notícia anteriorCaiubi Kuhn
Próxima notíciaSylvio Feitosa de Freitas

Deixe uma resposta