Janaiara Soares

O governador Pedro Taques (PSDB) indicou o ex-secretário chefe da Casa Civil, José Adolpho, para assumir o Desenvolve MT (antigo MT Fomento). O nome foi homologado pelo Conselho de Administração da autarquia e será remetido ao Banco Central para que seja aceita sua participação na diretoria.

“Recebi o convite do govenador, porém o Desenvolve MT por ser uma instituição financeira existe um trâmite diferente. O governador indicou ai é aprovado ou não pelo Conselho de Administração e após isso o nome vai para o Banco Central para que eles autorizem a pessoa fazer parte ou não da diretoria”, explica Adolpho.

Atualmente, quem comanda a instituição é o presidente Mário Milton Ferreira Mendes que está a frente da autarquia desde julho de 2011, na gestão do ex-governador Silval Barbosa e deve ser exonerado.

Por sua vez, José Adolpho já esteve no alto escalão da atual gestão do Estado. Primeiro, como adjunto e logo depois como secretário-chefe da Casa Civil no lugar de Paulo Taques que foi afastado por possível envolvimento no escândalo de escutas telefônicas conhecido como “grampolândia pantaneira”. Em outubro, o deputado estadual Max Russi (PSB) assumiu a Casa Civil por ter o perfil mais político.

Deixe uma resposta