O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, revelou esta semana que a União pretende garantir até R$ 10 bilhões em empréstimo aos Estados que aderirem ao Programa Voluntário de Recuperação Fiscal que vem sendo formatado e que prevê um plano de contenção de despesas pelos próximos quatro anos. O governador Mauro Mendes (DEM) está entre os gestores que demonstraram interesse no programa, ao lado dos governadores do Rio Grande do Norte, Roraima, Goiás e Rio Grande do Sul. Os empréstimos, se aprovados, serão financiados por bancos privados

Deixe uma resposta