LUCIANA SOUZA

Foto: Tchélo Figueiredo

Uma das obras mais esperadas pela população cuiabana, o novo Pronto-Socorro está com 80% de conclusão na parte estrutural e segue avançando, com entrega prevista para o primeiro semestre de 2018. Em vistoria na nova estrutura na tarde desta terça-feira (7) acompanhado pelo procurador-geral de Justiça de Mato Grosso, Mauro Curvo, o prefeito Emanuel Pinheiro destacou a extensão da obra e o quanto  é importante que ela seja entregue à população dentro do prazo.

“É essencial mostramos para nossos parceiros a dimensão desta nova estrutura de saúde, que com certeza será um legado para nossa Capital, melhorando os serviços prestados à população. Todos nossos esforços estão sendo aplicados para que as obras avancem e consigamos entregá-las dentro do prazo estabelecido e apto para atender as comunidades cuiabanas e também aqueles que chegam à nossa terra precisando de apoio. Humanizar a saúde pública da nossa Cuiabá é um compromisso que fiz e venho cumprindo este desafio dentro da minha gestão. Vamos progredir e alcançar esta meta. As pessoas precisam dessa estrutura para ter um atendimento de qualidade,” disse Pinheiro.

A equipe do Executivo Municipal apresentou ao procurador-geral o projeto, percorreu as alas, conhecendo o que será, para Curvo, a chegada de dignidade à população do estado de Mato Grosso. “Estou vendo aqui a realização de um sonho, pois há anos esperávamos por esta estrutura. Vemos que aqui está sendo feito um trabalho sério, onde há esforços de muitos para que seja entregue com a melhor estrutura”, frisou o procurador.

O prefeito Emanuel Pinheiro reunira-se com o procurador novamente, no dia 16 de novembro, para apresentar a ele a discriminação dos equipamentos do novo Pronto-Socorro, modelo de licitação e gestão da unidade.

A nova unidade de saúde compreende 21 metros quadrados de extensão. A estrutura contará com três grandes setores. Serão 315 leitos, sendo 40 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), um Centro de Diagnósticos, evitando que os exames necessários sejam feitos em outros lugares e, ainda, um Centro Ambulatorial, com consultas e leitos para internação suficientes para qualquer tipo de atendimento.

O prédio terá três entradas principais: a primeira será exclusiva para pacientes com casos de urgência e emergência adulta e pediátrica referenciados pelo SUS (como aqueles direcionados pelo Samu, ou redirecionados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA); a segunda entrada para casos ambulatoriais (como consultas e agendamentos); e a terceira para internações).

Para facilitar a chegada de ambulâncias e da população, a unidade de saúde terá dois acessos. Um pela Avenida Miguel Sutil e outra pelo Bairro Despraiado. Além de uma área para estacionamento com 444 vagas e um heliporto.

Participaram também da vistoria o promotor de Justiça do Estado de Mato Grosso, Henrique Schneider Neto, e os secretários municipais, de obras, Vanderlúcio Rodrigues, de Saúde, Elizeth Araújo, de Planejamento Zito Adrien, de Comunicação, Karoline Garcia.

Deixe uma resposta