Da Redação Extra MT

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) diplomou ontem (8), o empresário Paulo Fiúza (SD) no lugar de José Medeiros (Podemos). Medeiros teve seu mandato de senador cassado em decisão proferida na semana passada.

O TRE entendeu que Fiúza foi vítima de fraude na ata de registro de candidatura. Ele deveria ser o primeiro suplente do então senador Pedro Taques, porém o seu nome foi invertido ilegalmente com o de José Medeiros, que acabou assumindo a vaga no congresso assim que o tucano assumiu o governo em 2014.

Com a determinação, o empresário deve assumir até a semana que vem o cargo de senador.

Deixe uma resposta