Redação Extra MT 

O digital influencer Rafic Mohamad Yassin, 22 anos, foi liberado neste domingo (14), onde estava preso sob acusação de divulgar fotos íntimas de sua ex-namorada na internet e também de tê-la ameaçado de morte.  A determinação de soltura de Rafic foi do desembargador Rondon Bassil Dower Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Rafic estava preso no Centro de Triagem do Centro de Ressocialização de Cuiabá desde a última sexta-feira (12). Ao acatar o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do acusado, o desembargador determinou que o influencer seja monitorado por meio de tornozeleira eletrônica.

 

O caso 

Ele foi detido no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá e levado para a Delegacia Especializada da Defesa da Mulher (DEDM), na Rua Joaquim Murtinho, onde foi ouvido pela delegada Núbia Beatriz Gomes dos Reis. Sua prisão  preventiva foi  determinada pela juíza Ana Graziela Vaz de Campos Alvez Corrêa, da 1º Vara Especializada de Violência Doméstica Família contra a Mulher de Cuiabá.

Segundo informações preliminares, o digital influencer, que tem mais de 225 mil seguidores no Instagram, teria ameaçado a empresária e um policial militar no último dia 27 de junho, enquanto os dois jantavam em um restaurante japonês na Praça Popular.

Durante a discussão, Rafic teria ameaçado divulgar imagens íntimas dela. Após algumas horas, a jovem viu que ele tinha cumprido a ameaça e registrou um boletim de ocorrência contra ele.

De acordo com a decisão do magistrado, a juíza Ana Graziela determinou a prisão do influencer limitando-se apenas ao medo da vítima, o que deveria ser determinado apenas em último caso. “Aliás, a magistrada a quo sequer fundamentou a inadequação e insuficiência de medidas cautelares diversas da prisão no caso em apreço, limitando-se a ressaltar o medo constante da vítima de que o Paciente volte a divulgar imagens ou vídeo de conteúdo íntimo”, diz trecho da vítima.

Deixe uma resposta