Da Redação Extra MT

O Pleno do Tribunal de Justiça concedeu na noite desta quinta-feira (23),  liberdade ao deputado estadual Mauro Savi (DEM), ao ex-secretário Paulo Taques, ao advogado Pedro Jorge Taques, e aos empresários Claudemir Pereira dos Santos e Roque Anildo Reinheimer.

Os acusados estavam presos no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) desde o dia 9 de maio, durante a segunda fase da operação Bereré, chamada de Bônus, que combate esquema de desvio de verbas no Detran-MT.

A decisão de soltura foi decidida pela maioria dos desembargadores, e, com votação apertada de 9 votos contra 8, os acusados devem sair do CCC nesta sexta-feira (24).

Na mesma decisão, os acusados se tornaram réus e responderão pelos crimes imputados em liberdade.

Votaram pela manutenção da prisão:

1 – Serly Marcondes

2 – Sebastião Farias

3 – Nilza Possas

4- Orlando Perri

5- Guiomar Borges

6- Rubens de Oliveira

7- Rondon Bassil

8-José Zuquim – Relator

 

Votaram pela soltura:

1-Paulo da Cunha

2- Sebastião Filho

3- Juvenal Pereira

4- Luiz Ferreira

5- Marcos Machado

6- Dirceu dos Santos

7- Carlos Alberto

8- Helena Maria

9- Antônia Siqueira

Deixe uma resposta