Redação Extra MT 

61c13c4643029e23e6075ba903bc89cdA linha de investigação da Polícia Civil sobre o corpo  encontrado em estado de decomposição em um apartamento no Bairro Araés, em Cuiabá, na quarta-feira (10) é de suicídio. O corpo foi identificado como sendo de Danilo Peloi, de 32 anos, estudante de Mestrado em Estudos de Cultura Contemporânea da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Ele era funcionário do restaurante Mahalo.

As causas da morte ainda não foram conformadas, porém, há de suspeita de suicídio, após mistura de remédios e bebidas alcoólicas há alguns dias. Segundo a polícia, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de autópsia e para identificação.

A polícia foi acionada depois que os moradores do prédio começaram a sentir o mau cheiro rerrvindo de um dos apartamentos. A imobiliária responsável pelo prédio tentou contato com o morador, mas sem sucesso chamou a polícia. Depois de arrombar a porta, o corpo foi avistado em cima da cama enrolado em um cobertor com caixas de medicamentos ao lado.

O caso vai ser investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Deixe uma resposta