Redação Extra MT 

Um dos executores da servidora municipal e ex-candidata a vereadora, Sandra Regina de Siqueira Travaina, 48 anos, foi preso pela  Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf/VG). André Luiz Gomes, 20 anos, conhecido por “neguinho”, foi detido em Cáceres (225 quilômetros de Cuiabá), na noite de quarta-feira (04).

O preso está na sede da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande e lá durante interrogatório dos delegados Elaine Fernandes e Guilherme Bertoli, confessou que atirou na servidora, após se assustar por ela ter buzinado, ao ser abordada no veículo chegando em sua residência.

Além de André,  Jordão Rodrigues Neto e Maikon Douglas Alves dos Santos (Sujeirinha) participaram do assalto e estão foragidos. Maikon tem quatro registros criminais por roubos e furtos. Em novembro de 2018, foi preso por arrombamento de caixa eletrônico, na cidade de Pedra Preta. Já Jordão Rodrigues Neto tem condenação por tráfico de drogas e está em liberdade com uso de tornozeleira, mas os policiais levantaram que ele desliga o aparelho no ato dos crimes cometidos.

O preso afirmou que Maikon Douglas foi quem  planejou e coordenou o assalto. Segundo ele, o grupo tinha informações de que na casa da servidora tinha dinheiro e jóias. André ainda disse que a intenção era apenas roubar e somente atirou porque ela buzinou alertando o marido que estava dentro do imóvel.

Informações para prisão dos foragidos podem ser repassadas pelo 197 da Polícia Civil. “As diligências continuam com pedido de apoio da sociedade pelo 197 para prender os foragidos”, orienta a delegada Elaine Fernandes.

Os criminosos serão responsabilizados por latrocínio (roubo seguido de morte).

Deixe uma resposta