Da Redação com assessoria

O autor do atropelamento de Natália Pimentel, de 22 anos, ocorrido no dia 23 de junho, na região do “Zero Km”, em Várzea Grande, teve o mandado de prisão temporária (30 dias), cumprido pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), na tarde desta terça-feira (03.10).

Apontado como autor do crime, Thiago Marques Tapajós, 28, teve a ordem de prisão cumprida pela equipe da DHPP coordenada pelo delegado Flávio Henrique Stringueta. Ele foi localizado em casa, no Residencial Francisca Loureiro Borba, no bairro Osmar Cabral, em Cuiabá. O suspeito foi reconhecido por duas testemunhas que presenciaram o atropelamento.

O crime aconteceu, no dia 23 de junho, tendo como vítima Natália, que era travesti. Seu nome de registro era Thiago Assunção da Costa Corrêa. Na ocasião, a vítima e outra travesti estavam na rua a espera de clientes para programa sexual, quando foram abordadas por um homem em um veículo Volkswagem Gol, prata, por volta das 07h30.

A travesti não aceitou a proposta do suspeito e saiu do local, seguindo para outra esquina junto a sua colega. Neste momento o suspeito acelerou o carro e atropelou intencionalmente a vítima e em seguida fugiu. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no dia 25 julho, em decorrência do atropelamento.

A ocorrência foi inicialmente atendida pela Delegacia de Trânsito (Deletran), porém o caso passou a ser investigado pela DHPP. Durante os trabalhos, foram realizadas diversas diligências e oitivas de testemunhas que levaram a identificação das características físicas do autor do crime.

Deixe uma resposta