Assessoria PRF

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam 55 caixas com 759 frascos de medicamentos sem registro na Agência Nacional de Vigilância (Anvisa) na manhã de segunda-feira (03) na BR 174, em Pontes e Lacerda/MT.

Os produtos estavam sendo transportados no bagageiro de um ônibus que faz a linha Goiânia/Porto Velho.

São produtos que os fabricantes e vendedores dizem atuar em diversas doenças, porém não há nenhuma comprovação científica de sua eficácia.

Alguns trazem até erros de português na embalagem, como um que é prescrito para “Mau” de Parkinson e não Mal de Parkinson.

Em outros frascos há a inscrição “Produto isento de registro”, no entanto, resolução da Anvisa dispõe que alimentos com alegações de propriedade funcional e ou de saúde necessitam do registro em órgão competente.

O proprietário da mercadoria não viajava no ônibus, mas ele foi identificado e poderá responder e pelo crime de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.

Os produtos foram e a qualificação do passageiro foram encaminhados à Anvisa que dará sequência ao caso.

.

Deixe uma resposta