O segundo suspeito pela morte da  servidora municipal Sandra Regina de Siqueira Travaina, 48 anos, ocorrido na madrugada do dia 2 de julho, foi preso.  Jordão Rodrigues Neto foi preso na tarde de hoje (9) após apresentar-se à Polícia Civil.

Jordão confessou a participação no crime, alegando que a intenção era apenas roubar e não matar a servidora, prestou depoimento e foi encaminhado ao sistema prisional.  Ele já possui condenação por roubo, estava em liberdade mediante monitoramento eletrônico.

O primeiro suspeito é  André Luiz Gomes, 20  anos, que foi preso em Cáceres (225 km a Oeste), na noite do dia 7 de julho.  A  mulher foi  morta após buzinar alto o automóvel, em que estava no intento de chamar a atenção a tentativa de roubo. A servidora foi abordada em frente sua casa, no bairro Nova Várzea Grande, pelo trio que acreditava que dentro da casa havia joias e dinheiro.

Ainda conforme a Polícia Civil, o terceiro suspeito, Maikon Douglas Alves dos Santos (Sujeirinha), ainda encontra-se foragido. Denúncias podem ser feitas pelo 197 da Polícia Civil. O inquérito deverá ser concluído até esta semana sexta-feira, 12 de julho. O trio será indiciado por latrocínio consumado e associação criminosa

Deixe uma resposta