Da Redação 

Uma mulher, identificada como A.D.S., 21 anos, foi presa pela Polícia Militar sob suspeita de invadir a casa do seu ex-namorado e tentar manter relações sexuais com o homem, na madrugada deste sábado (22), na cidade de Cláudia (600 km ao Norte de Cuiabá). A agressora disse que a vítima teria posto fim ao relacionamento quando descobriu que a jovem já teria trabalhado como garota de programa na cidade.

A confusão começou quando a vítima entrou na sua residência e encontrou a suspeita deitada em seu colchão seminua. Em seguida, o homem pediu para a mulher se retirar e, diante do pedido, a jovem ficou irritada e agrediu a vítima com tapas e xingamentos.

Durante as agressões, a suspeita gritava que era mulher da vítima e que ele deveria continuar o namoro com ela.

Em determinado momento, a vítima conseguiu desvencilhar-se da ex-companheira e acionou a Polícia Militar que foi ao local.

Ao ser questionada, a mulher disse que não iria sair da residência, pois ela era a namorada do homem. A suspeita explicou que o término aconteceu após a vítima descobrir que ela já trabalhou como garota de programa.

Diante da confusão, o casal foi encaminhado à delegacia para prestar depoimentos ao delegado de plantão.

O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Deixe uma resposta