Rayane Alves, repórter do GD

Três ônibus foram queimados na noite de quarta-feira (20) no Estádio Adair Lopes Pinheiro, na Avenida Independência, em Rio Branco (356 km a Oeste de Cuiabá). De acordo com informações da Polícia Civil (PC), este é o segundo ataque que ocorre na cidade em menos de um mês.

Internauta/GD

O primeiro incêndio foi registrado há 10 dias quando um ônibus estava estacionado em frente do estádio.

Os veículos aguardavam por manutenção quando sofreram ataque. Na primeira ocorrência, 6 suspeitos foram presos.

Em entrevista, uma fonte do Gazeta Digital, que preferiu não se identificar, contou que ouviu um ‘pipoco’ próximo da sua casa e saiu na rua para verificar o que acontecia. De longe ela viu o ‘clarão’ e acionou a Polícia Militar.

Outras pessoas também se aglomeraram na rua até a chegada da polícia. No local, os policiais constataram que os 3 veículos são da prefeitura da cidade.

As causas do ataque ainda são desconhecidas, mas a suspeita inicial seria que o ataque criminoso aconteceu como forma de represália por causa de alguns bandidos que foram presos na região.

O caso deve ser apurado pela Polícia Civil. Até a publicação desta matéria, ninguém foi preso e a ocorrência ainda está em andamento por falta de documentação dos carros do município.

Internauta/GD

Deixe uma resposta