Mídia News

O deputado estadual Zeca Viana (PDT) disse ter visto com bons olhos o fato de o governador eleito Mauro Mendes(DEM) ter incorporado a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar à Pasta de Desenvolvimento Econômico.

A medida foi anunciada por Mendes como parte dos enxugamentos que ele irá adotar a partir de 1º de janeiro.

“A secretaria de Agricultura estava trabalhando sem orçamento nenhum, só fazendo politicagem. Desse jeito, não serve para Mato Grosso. Sempre questionei o ex-secretário, dizia para ele me mostrar as ações que a pasta estava fazendo em cada região do Estado. O café de Aripuanã e Colniza, por exemplo, nunca saiu do papel. Então, onde desenvolveu?”, questionou o parlamentar.

“Precisa valorizar a Agricultura, mas que tenha dinheiro e condição de fazer. Cada real aplicado na Agricultura Familiar dá um retorno de R$ 2 com toda certeza. Mas falta o governo investir, o que não aconteceu, já que o orçamento vinha cada vez enxugando mais. Era R$ 32 milhões, caiu para R$ 25 milhões, foi a R$ 18 milhões e está com R$ 9 milhões. Se não investir, não adianta”, acrescentou Viana.

Deixe uma resposta