Mídia News 

O governador Mauro Mendes (DEM) assinou a exoneração de 244 servidores comissionados de 15 secretarias estaduais. As demissões constam no Diário Oficial do Estado (DOE) que circula nesta quinta-feira (10).

Foram exonerados servidores comissionados da Casa Civil, do Gabinete de Governo, do Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, da Secretaria de Cidades (Secid), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), da Secretaria de Educação (Seduc), da Secretaria de Gestão (Seges), da Secretaria de Justiça (Sejudh), da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), da Secretaria de Saúde (Ses), da Secretaria de Segurança (Sesp), da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), do Departamento de Transito de Mato Grosso (Detran), do Intermat e da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

A Secid foi a Secretaria com mais cortes de servidores, no total de 89. Em seguida vêm a Sinfra com 72 e Sema com 44.

Desde antes de assumir o Governo, Mendes já havia anunciado que iria dispensar 3 mil pessoas, entre ocupantes de cargos comissionados, contratados e de função gratificada para reduzir as despesas do Estado.

O Diário Oficial do Estado de hoje ainda traz 30 nomeações feitas por Mendes no Gabinete de Governo, PGE, Seduc, Seges, Ses, Sinfra e Intermat.

Entre eles, o de Francisco Serafim de Barros como novo presidente do Intermat.

Homem de confiança de Mendes, ele foi secretário de Planejamento e adjunto de Fazenda na gestão do democrata à frente da Prefeitura de Cuiabá.

 

Deixe uma resposta