Redação Extra MT 

Reportagem da Revista Época traz denúncia de que a senadora Selma Arruda usou verba do Senado para três eventos de filiação do PSL de Mato Grosso.  Selma é  secretária-geral a legenda e esteve no estado em 16 e 18 de agosto, visitando Cuiabá, Sinop e Sorriso.

 A senadora e assessores se hospedaram em Sinop, apresentando uma cota para reembolso  de despesa de R$ 659. No mesmo fim de semana, a parlamentar pediu outro reembolso de R$ 662 de combustível, R$ 94 de alimentação e R$ 1,7 mil com o voo de Brasília para Sinop, com escala em Cuiabá, na sexta-feira.

A Época ressaltou que a senadora foi eleita  com um chamado “forte” anticorrupção no estado. a Revista também lembrou sobre o processo de cassação do mandato de Selma, por unanimidade.

Em resposta, a parlamentar disse que a estadia pelo estado não foi somente para os eventos de filiação e, sim, também para compromissos ligados ao seu mandato de senadora.

Deixe uma resposta