Redação Extra MT 

A ex-secretária de Educação do município,  Sylvia Maria de Assis Cavalcante, foi condenada por utilizar da estrutura administrativa e de servidores públicos para comprar votos de funcionários e professores da rede municipal, em 2012, em favor da candidata à Prefeitura de Barra do Garças Andreia Santos.

A decisão é do juiz Carlos Augusto Ferrari, da 4ª Vara Cível de Barra do Garças. Também foi condenada Mari Neirede Palácio Gonzales, ex-diretora da Escola municipal Elizabeth Sanchez Lacerda. Elas deverão pagar multa civil correspondente a 10 salários recebidos à época dos fatos.

Em audiência, pelo menos oito professores da rede municipal confirmaram a abordagem feita em nome da secretária para oferecer dinheiro para tentar convencer os pais dos alunos a votar na então candidata. Os pedidos, porém, teriam sido rejeitados.

“Quanto à Sylvia Maria de Assis Cavalcante, então secretária de Educação, não há dúvidas de que, aproveitando-se de seu cargo, dolosamente utilizou de servidores públicos para angariar votos para a então candidata a prefeitura municipal”, lê-se na decisão.

Deixe uma resposta