RDNEWS

O governador Mauro Mendes (DEM) cancelou a visita a Assembleia, marcada para 16h desta terça (7), quando iria entregar as  mensagens do Executivo  que devem ser apreciadas em sessões extraordinárias durante o recesso parlamentar. O pacote inclui a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019, a reforma administrativa e a renovação do Fethab 2.

“Essas leis versam sobre um pacto com Mato Grosso para que possamos tirar o Estado desse caminho muito ruim que ele se encontra. Hoje o Governo do Estado não consegue honrar os seus compromissos com os servidores, não paga mais salário em dia, atrasou décimo terceiro de dezembro, não pagou o salário de dezembro, fornecedores há meses e até anos sem receber. Inadimplência com os hospitais, com a Saúde. É uma situação financeira muito ruim, muito delicada”, explicou o governador.

Antes de encaminhar o pacote ao Legislativo, Mauro fará a apresentação das mensagens aos deputados estaduais. A reunião com os parlamentares será realizada nesta quarta (9), no Palácio Paiaguás, em horário não confirmado pelo Governo.

Segundo comunicado da Comunicação, Mauro adiou a entrega das mensagens atendendo sugestão do presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) e do deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), que deve ser confirmado como líder do governo. O pacote será encaminhado ao Legislativo às 11h da próxima quinta (11).

A LOA de 2019 deve prever redução do duodécimo de Poderes e orgãos autônomos e déficit de R$ 2 bilhões nas contas públicas. Já a reforma administrativa extingue empresas públicas e reduz o número de secretarias de 24 para 15. A renovação do Fethab 2 deve garantir mais R$ 500 milhões no caixa do Estado neste ano.

“São leis importantes que serão debatidas com a Assembleia e com os setores envolvidos, dentro da Assembleia. Lá é a Casa da Democracia, que representa todos os segmentos, e tenho certeza que serão aprovadas porque são imprescindíveis para tirar Mato Grosso do buraco”, completou (Com Assessoria).

Deixe uma resposta