Redação Extra MT 

A  prefeita Lucimar Campos, acompanhada pelo seu vice José Hazama e pelos secretários e técnicos responsáveis pela pasta de Infraestrutura de Várzea Grande, vistoriou uma série de obras  na manhã desta quinta-feira (8).

As ações fazem parte de um ‘pacote de obras’  em várias regiões  da cidade, que integram 150 km de novas ruas e avenidas. Além da pavimentação, as ações contemplam  70 km de recuperação asfáltica de bairros da cidade metropolitana.

No total, está sendo aplicado o valor  de R$ 80 milhões –  recursos próprios e convênio com a Caixa Econômica Federal –  nas obras de melhorias.  “Estamos cumprindo mais uma etapa do compromisso que assumimos com nossa população. Obras em infraestrutura são importantes condutores de desenvolvimento e de movimentação da economia. Geram renda, emprego, ampliam os atrativos das localidades para aporte de investimentos e trazem qualidade de vida”, frisou a prefeita.

Segundo a chefe do Executivo, na maior parte das ruas em que o asfalto chegou, ou foi revitalizado, os moradores estão reformando ou construindo, sejam muros, calçadas ou mesmo pintando suas casas. “Esse movimento aquece a economia dos bairros e amplia a circulação de dinheiro na cidade, reverte em impostos e essa arrecadação gera mais obras. Acredito que Várzea Grande está entrando em um ciclo virtuoso e de progresso”.

Avenidas como a 31 de Março e a Couto Magalhães e vias principais de bairros como Nova Várzea Grande, Jardim Paula II, Residencial Athaíde Monteiro, Jardim Primavera e Vitória Régia, foram os pontos de observação da comitiva. Esses são também lugares em que as obras estão  com andamento mais adiantado.

Na Couto Magalhães –  principal via comercial da cidade -, a sinalização viária está completa, sendo finalizada na noite desta quarta-feira (7). Conforme o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes, dessa vez os serviços englobam uma melhor tecnologia de  trânsito, pois as novas faixas, tanto de pedestre como de rolagem, passam a ser termoplásticas. “Isso, de acordo com o gestor,  gera melhor visibilidade aos motoristas e aos pedestres, bem como maior percepção”, detalhou.

Do outro lado da cidade, importantes vias de ligação entre o Centro e os bairros também estão sendo contempladas dentro do pacote de obras do Município, bem como acessos bastante deteriorados. Entre eles estão as obras de recapeamento de 1,5 quilômetros no bairro Residencial Athaíde Monteiro.

O secretário de Viação, Obras e Urbanismo, Luiz Celso de Moraes, explicou que em as obras hoje em execução, estão sendo feita também com injeção de capital próprio do Tesouro Municipal.  “No Jardim Paula II e no Nova Várzea Grande são 3 quilômetros de asfalto refeito. É uma região bastante trafegada porque dá acesso ao Centro e à Avenida Filinto Muller, via essa que é corredor de fluxo entre o Centro/Rodovia dos Imigrantes/São Mateus, e está sendo duplicada,” citou.

 

Deixe uma resposta