Redação

Mais uma vez, o ex-governador Pedro Taques(PSDB) foi o responsável por colocar Mato Grosso em destaque negativo no Jornal Nacional.

Nesta terça-feira (8), o principal jornal da TV Globo mostrou os impactos do caos financeirosobre serviços essenciais à população, como a Saúde e a Segurança Pública.

A empresa que locava 750 veículos para as polícias não aceitou, por exemplo, renovar o contrato, encerrado em novembro, por causa de um calote que perdura desde agosto do ano passado.

Outro destaque negativo no JN foi a crise que chegou ao Samu, que vai desde condições indignas de trabalho até salários atrasados.

“São viaturas sem ar-condicionado, viaturas muitas vezes com pneus carecas. Muitas vezes sem luva ou tamanhos inadequados de luva, falta de materiais pra entubação, medicamentos que estão com prazo de validade vencido e não foram repostos. Quem paga o pato é a população”, afirmou o médico Alexandre Grando à Globo.

herança maldita deixa por Taques requer pulso firme e foco da nova gestão, sob comando do governador Mauro Mendes (DEM) – que assume em situação adversa em função de incompetência administrativa do antecessor.

Assista AQUI a reportagem do JN na íntegra.

Deixe uma resposta